quarta-feira, 21 de julho de 2021

Opinião " O homicídio perfeito - um guia para boas raparigas", Holly Jackson

Sinopse


Uma investigação que se transforma numa obsessão.
Um final que ninguém pode prever.

Todos em Fairview conhecem a história. Andie Bell, a lindíssima e popular finalista de liceu, foi assassinada pelo namorado, Sal Singh, que depois se suicidou. Ninguém falava noutra coisa. Passados cinco anos, Pip percebe que a tragédia ainda assombra a cidade.
A verdade é que Pip não consegue tirar da cabeça a impressão de que aquela história não está bem contada. Era amiga de Sal desde pequenina, e ele sempre foi muito amável. Como pode ter matado Andie?
Agora que também está a terminar o liceu, Pip decide investigar o caso: será o seu trabalho de final de ano. Primeiro, ela só quer pôr em causa o resultado da investigação policial, mas depois… Depois, Pip começa a descobrir um rasto de segredos perigosos, que podem provar realmente a inocência de Sal, e a linha que divide o passado e o presente torna-se cada vez mais ténue e frágil. Há alguém em Fairview que não quer que Pip desenterre a história e procure respostas. Agora, é a vida de Pip que está em risco.


Livro «O Homicídio Perfeito», de Holly Jackson na livraria online da Presença. Desconto em todos os livros

Opinião 


Começo por agradecer à Editorial Presença a cedência de um exemplar de O homicídio perfeito - um guia para boas raparigas, de Holly Jackson, um livro que eu há já algum tempo ansiava ver traduzido para português. 

Se procuram um livro de leitura compulsiva, de mistério, acção e crime, mas sem aquele toque sombrio e muito gráfico que a maioria dos policiais para adultos tem, este livro é perfeito para um dia na praia. Como é um young adult acaba por ser mais leve apesar de ser uma investigação de homicídio. 
 
Pip, a protagonista, finalista do liceu, está a desenvolver um projecto de investigação sobre um crime cometido há 5 anos na sua localidade, isto pode parecer uma premissa cómica, como é que uma adolescente vai tentar desvendar um homicídio resolvido pela polícia? Mas a verdade é que toda a narrativa acaba por ser muito verosímil. Andie bell desapareceu há 5 anos e foi dada como morta; Sal Singh,o seu namorado da altura e que se suicidou, foi declarado culpado. Pip vê aqui muitas pontas soltas, uma investigação que não foi muito profunda, e, juntamente com o irmão de Sal , Ravi, vai entrar numa aventura arriscada. A cada página surge mais um suspeito. E se o verdadeira culpado está à solta não vai querer que uma adolescente ande a desenterrar o que não é suposto, certo? 
 
O homicídio perfeito - um guia para boas raparigas é um livro repleto de suspense e reviravoltas e que nos intriga desde a primeira página. Adorei ver a amizade entre Pip e Ravi crescer enquanto tentavam provar a inocência de Sal.
 
O livro termina com algumas pontas soltas, o que me fez pesquisar e descobrir que esta história tem mais dois volumes que aguardarei ansiosamente que a Editorial Presença traga até nós. 
 

 

Sem comentários :

Enviar um comentário