terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Opinião - "Sebastian", Anne Bishop

Sinopse:

"Bem-vindos a Efémera, onde a terra se altera em resposta aos mais profundos desejos e medos dos seus habitantes. Há muito tempo, Efémera foi dividida em inúmeras paisagens mágicas ligadas somente por pontes. Pontes que podem levar quem as atravessa para onde realmente pertence e não ao local onde pretende chegar. Numa dessas paisagens habitada por demónios e onde a noite impera, o meio-íncubo Sebastian delicia-se em prazeres obscuros. Contudo, aguarda-o um destino devastador. Uma aprendiza descuidada libertou um mal antigo que agora se agita - e o reino de Sebastian poderá ser o primeiro a sucumbir... Mas em sonhos, ela chama por ele: uma mulher que não deseja mais do que ser amada e sentir-se protegida - uma mulher pela qual ele anseia mas que sabe poder vir a destruí-la. Ela é Lynnea, e o seu improvável romance está no centro da batalha que se trava entre a luz e as trevas.”

Opinião:

Já tinha ouvido falar muito bem de Anne Bishop, no entanto ainda não tinha surgido a oportunidade de ler algo da autora. Felizmente, na Feira do Livro do Porto deste ano, os livros que compõem a saga “O Mundo Efémera” estavam a um preço muito tentador :). E como não sou diferente de tantos outros leitores, a verdade é que caí na tentação.

Como é a primeira obra que leio da autora, não a irei comparar com a sua anterior trilogia “As Jóias Negras”. Independentemente de tudo, acredito que sejam muito diferentes.

E agora, como começar a falar de Efémera? Se calhar por partes, aos pouquinhos!

FANTASIA! Esta palavra com tanto poder não poderia ser melhor aplicada na escolha do género literário em que a obra é incluída. A verdade é que no meio de tantos livros que tenho por ler na minha estante, tinha saudades de ler um livro de fantasia, isto é, um mundo diferente, mágico, único, capaz de descrever o nosso mundo real. E “O Mundo Efémera” é isto mesmo. Lembro-me de ao fim de meia dúzia de páginas fechar o livro e dizer para mim: “Ah! Como é bom voltar a ler fantasia”.

EFÉMERA! É um mundo criado por Anne Bishop composto por várias paisagens – criadas pelas paisagistas - que estão ligadas por pontes – construídas pelos constructores de pontes. E como qualquer mundo fantástico, as paisagens e as pontes têm um significado. Digamos que Efémera foi criada para que a maldade do coração humano (a escuridão) não destruísse a bondade deste nosso coração (a luz). 

PERSONAGENS! Sebastian, Lynnea, Nadia, Lee, Glorianna Belladonna, Ente, … Claro que poderia aqui falar sobre elas, mas não o vou fazer. Seria uma tentativa falhada e inútil tentar caracterizá-las e deixar o que elas significam para mim.

Em “Sebastian” somos introduzidos a este mundo “Efémera” de uma forma bastante suave. Com a mestria das palavras de Anne Bishop somos confrontados com este novo mundo e com as diversas explicações sem nos cansarmos de cada uma delas.

Já me perguntaram o que achei do livro. E estaria a mentir se não dissesse que estava à espera de mais. No entanto, a verdade é que não houve uma única página que não despertasse o sorriso que há em mim, o bom que há em mim. 

Talvez se tivesse lido esta obra com uns aninhos a menos tivesse gostado mais da mesma. Mas, como já disse, não posso dizer que não tenha gostado. Como já me dizia a bloguinha Sofia, não podem existir apenas livros brilhantes e arrebatadores, aliás, não existem. E isso significa que também não devemos apenas ler esses livros 5 estrelas. Não, este livro não ganhou as minhas 5 estrelas no goodreads, no entanto, ganhou um cantinho especial no meu coração, não fosse ele sobre aquilo que há de mais belo: o coração humano.


"... o coração humano consegue criar tanto - e destruir tanto."



6 comentários :

  1. Olá,
    Não posso dizer que conheço muito bem a Anne Bishop.. dela li a Trilogia das Joias Negras e porque me ofereceram, eu não conhecia. Pensei que não fosse gostar, sinceramente. Mas acabei por adorar e fiquei fã da autora. Fica registado este livro dela para uma próxima leitura ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vanda :)

      Eu vou acabar esta trilogia e depois cheira-me que vou querer ler também a Trilogia das Jóias Negras :).

      Boas viagens,
      Rosana

      Eliminar
  2. Ois,

    Tenho a certeza que irás gostar muito mais da trilogia das jóias negras ;)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)

      Há-de chegar o dia em que a vou ler :), só ainda não sei quando!

      Boas viagens,
      Rosana

      Eliminar
  3. Recomendo vivamente toda a saga das Jóias Negras! É de longe muito mas muito melhor! Adoro!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)

      Pois, já ouvi muita gente dizer isso! Quando acabar esta vou ter de começar essa trilogia! :)

      Boas viagens,
      Rosana

      Eliminar